A disciplina do devocional e a correria do dia-a-dia

Existe algo muito poderoso em priorizar o seu tempo com Deus, se esforçar para separar um momento do seu dia para ser renovada, ensinada, preparada, equipada e consolada pelo Deus Todo Poderoso. O Deus que por amor e misericórdia escolheu te adotar como filha e te deu o privilégio de chamá-lo de Pai. Esse foi o exemplo dado por Jesus e temos que nos esforçar ao máximo para ter sucesso nessa disciplina.

Mas, você sabia que em nenhum momento a bíblia fala expressamente do devocional? Esse termo não está lá. Mas, então, de onde vem isso? Bom, se você precisa de uma ordem literal, vai encontrar em Josué 1:8:

Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de meditar nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito. Só então os seus caminhos pros­perarão e você será bem-sucedido. Josué 1:8

Mas, além da ordem acima, eu amo meditar no princípio de comunhão que Deus nos deu quando deu maná aos Israelitas no deserto. Leia alguns trechos de Êxodo 16 comigo:

Disse, porém, o Senhor a Moisés: "Eu lhes farei chover pão do céu. O povo sairá e recolherá diariamente a porção necessária para aquele dia.(...) Assim ordenou o Senhor: ‘Cada chefe de família recolha o quanto precisar: um jarro para cada pessoa da sua tenda’ ". Os israelitas fizeram como lhes fora dito; alguns recolheram mais, outros menos. Quando mediram com o jarro, quem tinha recolhido muito não teve demais, e não faltou a quem tinha recolhido pouco. Cada um recolheu tanto quanto precisava. (...) Cada manhã todos recolhiam o quanto precisavam, pois quando o sol esquentava, aquilo se derretia. - Êxodo 16:4, 16-18, 21.


Você consegue perceber o que Deus estava ensinando os Israelistas ao criar a condição de que o maná fosse recolhido diariamente, na porção necessária para o dia? Ele estava ensinando sobre comunhão e dependência. O mesmo se aplica ao nosso devocional, ele é a nossa "colheita diária de maná".

Ok, você provavelmente já entende a importância de buscar a Deus diariamente. Então vamos para o próximo ponto dessa meditação: a correria do dia-a-dia.

Se você é como eu, é provável que você se sinta um fracasso quando alguma das situações abaixo acontece:

- Você acorda atrasada, tem um dia corrido, vai orando enquanto dirige e torce pra conseguir ler um versículo em algum momento do dia.

- Você está com muitas coisas na cabeça e não consegue "fazer o devocional do jeito certo", com todas as suas anotações e rotinas.

- Ou, Deus meu livre, você tem muitos compromissos e fez menos de uma hora de devocional no dia!

Sim, parece absurdo, mas eu sofro com cada uma das situações acima. E algo me diz que você também sofre com isso, talvez não de uma forma tão exagerada como eu, mas em algum nível, você se sente culpada quando falha na sua disciplina. Essa sensação de culpa pode ser tão forte que você começa a evitar o seu devocional para não ter que encarar essa falha.

Bom, hoje eu vim aqui pra tirar você desse cativeiro!

Leia novamente esse trecho comigo:

Disse, porém, o Senhor a Moisés: "Eu lhes farei chover pão do céu. O povo sairá e recolherá diariamente a porção necessária para aquele dia.(...) Assim ordenou o Senhor: ‘Cada chefe de família recolha o quanto precisar: um jarro para cada pessoa da sua tenda’ ". Os israelitas fizeram como lhes fora dito; alguns recolheram mais, outros menos. Quando mediram com o jarro, quem tinha recolhido muito não teve demais, e não faltou a quem tinha recolhido pouco. Cada um recolheu tanto quanto precisava. (...) Cada manhã todos recolhiam o quanto precisavam, pois quando o sol esquentava, aquilo se derretia. - Êxodo 16:4, 16-18, 21.

Você prestou atenção nas partes do texto que eu destaquei acima? Mesmo quando uns recolheram mais e outros recolheram menos, não faltou a quem tinha recolhido pouco. Por que? Por que o maná era uma benção de Deus para alimentar o seu povo, não era sobre quantidade, era sobre ir até lá. Sobre saber quem era o Deus provedor, sobre buscá-lo.

O devocional não existe para ser um fardo, mas uma benção! O alimento do seu espírito!

E assim como o seu corpo, se você tem boa saúde e come de forma equilibrada na maior parte dos dias, um dia de comidas "rápidas" pra atender um dia corrido não te fará mal. Mesmo um dia sem comer não te fará mal. Agora, se você tentar ficar a semana inteira a base de uma refeição feita no domingo, certamente vai sentir a fraqueza e vai prejudicar seu organismo. O mesmo vale para o nosso espírito!

Não é aquele único fato isolado que vai te prejudicar, aquele dia em que você realmente não conseguiu parar, ou o dia em que a sua família precisou de você, ou o dia em que você realmente precisou descansar porque estava exausta. O que pode se tornar um problema é você começar negligenciar essa disciplina. Se isto estiver acontecendo, então sim, deixe que Deus te confronte, se arrependa e ajuste sua rotina. Mas se você está numa estação difícil, criando filhos pequenos ou sendo demandada por uma situação complicada, está tudo bem se o seu devocional for feito de uma oração no banho e uma meditação em um versículo enquanto coloca a roupa para lavar. Lembre-se: Deus não deixou faltar a quem tinha recolhido pouco. O nosso Deus é Deus de Graça e não de condenação!

Não é sobre quantidade, é sobre saber quem é o seu alimento e se esforçar para buscá-lo todos os dias, da melhor forma que você conseguir!




744 visualizações