Desperta o dom de Deus que há em ti!

1 comment


Primeiramente, o que é um dom?


Algumas pessoas confundem os conceitos de dons e de talentos, e é por isso que há tantas pessoas dentro das igrejas que não têm a coragem de assumir cargos ou de serem proativos para fazer a obra do Senhor afirmando não serem capazes por “não terem o dom”.

Os talentos podem ser entendidos como aquelas características que permitem à pessoa fazer alguma coisa específica com uma facilidade natural. Todavia, a falta de habilidade de alguém com algo não significa que essa pessoa não terá a capacidade de realizar isso, mas que precisará de mais empenho e de mais esforço. O primeiro exemplo que me vem à mente acerca disso é cantar. Existem pessoas que visivelmente nascem com o talento de cantar (repare que eu falei talento, e não dom!). O que pode acontecer é alguém não ter tanta facilidade quanto a outra pessoa, mas qualquer outra pessoa também pode estudar e se dedicar para aprender a cantar!


Já os dons são presentes imerecidos dados por Deus para todos aqueles que crêem e que são nascidos Dele. O próprio dicionário define dom como “dádiva; um presente recebido por Deus”. Lá em Romanos 12.6-10, Paulo nos lembra que todo dom não tem por finalidade realizar nossos próprios desejos egoístas, mas servir a Deus e ajudar os nossos irmãos em Cristo:
"Portanto, usemos os nossos diferentes dons de acordo com a graça que Deus nos deu. Se o dom que recebemos é o de anunciar a mensagem de Deus, façamos isso de acordo com a fé que temos. Se é o dom de servir, então devemos servir; se é o de ensinar, então ensinemos; se é o dom de animar os outros, então animemos. Quem reparte com os outros o que tem, que faça isso com generosidade. Quem tem autoridade, que use a sua autoridade com todo o cuidado. Quem ajuda os outros, que ajude com alegria.Que o amor de vocês não seja fingido. Odeiem o mal e sigam o que é bom. Amem uns aos outros com o amor de irmãos em Cristo e se esforcem para tratar uns aos outros com respeito." - Romanos 12:6-10

Deus pensou em todas as nossas características com um propósito e com muito amor. Não pense que você é inútil para Deus por não ter algum talento que você tanto admira.
"Pois bem, vocês são o corpo de Cristo, e cada um é uma parte desse corpo. Na Igreja, Deus pôs tudo no lugar certo: em primeiro lugar, os apóstolos; em segundo, os profetas; e, em terceiro, os mestres. Em seguida pôs os que fazem milagres; depois os que têm o dom de curar, ou de ajudar, ou de liderar, ou de falar em línguas estranhas. Nem todos são apóstolos, ou profetas, ou mestres. Nem todos têm o dom de fazer milagres, nem de curar doenças, nem de falar em línguas estranhas, nem de explicar o que essas línguas querem dizer. Por isso se esforcem para ter os melhores dons.Porém eu vou mostrar a vocês o caminho que é o melhor de todos." - 1 Coríntios 12.27-31

O que acontece é que, por muitas vezes, deixamos adormecer os dons que Deus no deu. Ah, se soubéssemos o quanto isso entristece o coração do nosso Senhor...

É vontade de Deus que você se conheça para saber quais são suas facilidades, suas dificuldades, seus talentos e seus dons. 

Se você estiver com muita dificuldade de reconhecer essas características, a primeira coisa a se fazer é consultar a Deus em oração. Pergunte e Ele qual o propósito Dele na sua vida. Peça a Ele o direcionamento, a visão espiritual e a capacidade de reconhecer e desenvolver seus talentos e seus dons para servir às pessoas e a Ele. Uma boa forma de descobrir suas habilidades mais marcantes é perguntar para alguém que te conheça bem, como seus pais, seu pastor, seu líder, seus amigos... Nós temos uma triste tendência de exaltar nossos defeitos e de deixar nossas qualidades de lado, já percebeu? Mas as pessoas que estão ao seu redor reconhecem essas boas atitudes que você pratica e podem te ajudar a exercer ainda mais esse atributo!


Não permita que a timidez, o nervosismo, as críticas, a insegurança ou que qualquer outro fator silencie o que grita no seu coração. Não permita que a voz do Espírito Santo em seu coração seja silenciada pelas trevas que cercam nossa mente.

Busque a Deus em oração, em jejum e em louvores. Ele tem um plano que só você pode cumprir, um plano feito individualmente para cada um de nós.

Todavia, todo caminho florido também está cercado de espinhos que não vemos rapidamente. O crescimento espiritual está acompanhado de vales e de dificuldades que têm por objetivo desenvolver em nós algumas características essenciais de um cristão que ainda estão superficiais em nosso coração. O amadurecimento que adquirimos durante momentos de prova em que parece que Deus se calou é indispensável para uma vida de completa dependência de Deus.


É comum que durante o período em que você está desenvolvendo e aperfeiçoando os dons e talentos que Deus te deu, o inimigo se levante contra sua vida nas mais diversas áreas. E, infelizmente, esses levantes acontecem na maioria das vezes dentro das próprias igrejas!


A inveja de alguém pelo seu ministério, a queda que você cometeu após alguma tentação que não soube lidar, o desânimo que você enfrenta após enfrentar debates com familiares não cristãos, a frieza espiritual que passamos em alguns momentos e a sensação de incapacidade diante dos insucessos que você obteve são algumas das formas que o adversário encontra para buscar nos desanimar em relação às promessas de Deus e para nos afastar dos caminhos Dele.
     
"Pois nós não estamos lutando contra seres humanos, mas contra as forças espirituais do mal que vivem nas alturas, isto é, os governos, as autoridades e os poderes que dominam completamente este mundo de escuridão . Por isso peguem agora a armadura que Deus lhes dá. Assim, quando chegar o dia de enfrentarem as forças do mal, vocês poderão resistir aos ataques do inimigo e, depois de lutarem até o fim, vocês continuarão firmes, sem recuar." - Efésios 6.12,13

Mas vamos nos lembrar 
do que Deus nos diz nesses momentos?
    
"Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo." - 1 João 4.4

Se Deus te deu a capacidade de almejar algo, Ele certamente vai te capacitar para alcançar se você estiver com sua vida inteiramente na presença Dele. Não desista do seu chamado. Não negligencie os dons que Deus te deu. Lembre-se que os sonhos de Deus são muitos maiores que os nossos, e é necessário que Ele nos fortaleça antes de nos abençoar.


Que Deus te abençoe!

 ________________

TEXTO CRIADO EM COLABORAÇÃO COM:

Fernanda Alves Monteiro, 19 anos.
"Senhor, fazei de mim como as ondas do mar,
que fazem de cada recuo um impulso para ir mais adiante..."

*PARA SABER MAIS SOBRE A FER, CLIQUE AQUI.

Um comentário: