VIDA CRISTÃ NA UNIVERSIDADE!

4 comentários


Se você é uma garota cristã e acredita que a vida na universidade não passa de uma expansão do ensino médio... Sinto muito, mas você foi pega pelo genjutsu da tranquilidade!

OBS: O genjutsu é uma técnica ninja de ilusão, então, provavelmente Itachi Uchiha ou Segundo Mizukage devem tê-la feito acreditar que tudo seria um mar de rosas para você e sua fé no ensino superior. 


Universidade! Viva!... Só que não. 

A universidade há séculos é tida como lugar do aprendizado, do conhecimento, da liberdade de expressão, de pensadores e intelectuais que guiarão a nação rumo a igualdade e compreensão. Nossa! Até parece comercial do Discovery Channel! Mero engano!

Ê lasqueira! Onde me meti, Jesus? 

Primeiro de tudo, você deve se apegar a sua fé. Ler a Bíblia e orar sem cessar, pois infelizmente a fase universitária é a fase da vida onde a maioria dos jovens cristãos deixam de seguir a Deus, por influência de todo o academicismo e ciência do ensino superior. Você pode pensar: “Karen, isso nunca vai acontecer comigo! Eu sigo Jesus e nunca vou abandoná-lo por causas de algumas aulas”. Pedro também disse que seguiria Jesus até o fim... E acabou O negando três vezes.


O que falo não é brincadeira ou um aviso alarmista para futuras universitárias cristãs, é a realidade. Na universidade, você estudará a fundo teorias, conceitos e visões de mundo de filósofos e doutores, embasado pelos mais diversos tipos de documentos e provas, por pelo menos 4 anos da sua vida. O risco é sofrer uma lavagem cerebral no que concerne a fé e religião.


A religião não é bem-vinda na universidade, especialmente a cristã protestante (em regra). Você ouvirá professores argumentando contra sua fé, fazendo pouco caso da Bíblia, zombando de Deus e quem segue seus mandamentos, palestrantes acusando pastores de ladrões, bandidos e egoístas, generalização dos membros da igreja evangélica como preconceituosos e ignorantes, ouvirá colegas e amigos atacando igrejas, líderes e fiéis. É um verdadeiro vale das sombras da morte. 


Porém, calma, calma, não criemos pânico! Como diria o Chapolin Colorado.

Mas, Karen, o que eu faço para me manter intacta em meio a tantos ataques? O que devo dizer?” Simples. Apenas sirva a Deus. Faça como Jesus faria. Não entre em discussões religiosas, evite contra-atacar uma ofensa, não dê ouvidos ao que dizem, afinal, brigar e discutir apenas piorará a situação.


Aquele lance poético de ousadia do Josh em Deus Não Está Morto não funciona em todas as ocasiões, a não ser que Deus lhe dirija num desafio de tamanha magnitude. Contudo, na maioria das vezes a melhor opção é se abster de palavras más, dar bom testemunho com sua conduta e bancar o Janson em Maze Runner: Prova de Fogo... Escapar dos tiros que atirarem contra você!


Ninguém pega um servo de Deus!

Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados. Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos;- 2 Coríntios 4:8,9

Que a Força esteja com vocês!

________________

TEXTO CRIADO EM COLABORAÇÃO COM:


Karen Keslen Kremer, 26 anos.
"Eu descobri em mim mesmo desejos os quais nada nesta Terra pode satisfazer. A única explicação lógica é que eu fui feito para outro mundo" - C.S. Lewis
*PARA SABER MAIS SOBRE A KAREN, CLIQUE AQUI
Se você deseja ser colunista aqui no blog, saiba mais clicando no link abaixo:
.: SEJA PARTE DA EQUIPE MGC! :.
Se este conteúdo te abençoou, lembre de comentar e compartilhar!

4 comentários:

  1. Ótimo texto, realmente essa fase nos testa na caminhada com Jesus!
    Parabéns pelo texto 👏👏

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelas palavras, Valeria. Que bom que Deus nos fortalece não importa aonde estejamos.

      Excluir
  2. Muito bom o texto mesmo! E é bem isso que escreveu, normalmente não acontecerão situações como a do Josh, por isso temos de ser vigilantes.
    Falou tudo!

    http://cantodesol2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. O texto é bom mas achei um pouco alarmista, essa "confusão"é muito mais provável de acontecer com alguém que não se instrui na palavra e em Deus porque geralmente quem é firme está em uma vibe bem diferente do restante da sala ou da universidade em si. Eu estudo um curso bem complexo onde religião e ciências e filosofias entram em varias e complexas discussões mas ao observar os cristãos da minha sala vejo que todos são maduros o suficiente pra reter apenas o que é bom e continuar sua vida normal. Quando conhecemos aquele que nos criou e mergulhamos em sua palavra e amor as coisas de fora não nos balança, eu vi que vc usou a experiencia de pedro pra dizer que ele falhou mas se c parar pra observar não foi o lado externo que afetou Pedro e sim o interno, ele teve medo e ele não conhecia Jesus de verdade, apesar de anadar com ele, na verdade ele só conheceu mesmo Jesus após a morte dele então são coisas diferentes. A todos os cristãos o melhor conselho é: apeguem se a Jesus e conheçam ele e sendo assim, nada, nem filosofias, nem ciência, nem amigos de classe vão conseguir afastar do amor de Deus

    ResponderExcluir