SÉRIE APRENDENDO A AMAR | FINAL: COMO VAI NOSSO AMOR AO PRÓXIMO?

- (Deixe um comentário!)



Olá pessoal, tudo bem? Quero pedir desculpas pela sumida, passei por alguns imprevistos: último semestre da faculdade, muitas provas e entregas de trabalhos e na semana passada um tornado atingiu a minha cidade causando grande estrago e nos deixando sem energia por três dias (se puderem, peço que orem por Jarinu-SP, muitas pessoas perderam suas casas e tudo que tinham). Mas graças a Deus estou bem e de volta!

Essa semana finalizamos a série Aprendendo a Amar (e quero agradecer a todos que estiveram com a gente... ;) amo vocês de S2). Falaremos sobre nossos relacionamos com as pessoas a nossa volta e como uma vida em Cristo pode transformar esses relacionamentos, através do amor nos padrões de Deus.

Creio ser esse um assunto muito relevante, principalmente diante dos últimos acontecimentos chocantes em nosso país e no mundo. Pessoas sendo violentadas e mortas por serem diferentes ou por diversão. E ao meu ver, o pior não é o fato de gente sem amor ao próximo realizar essas barbaridades, e sim saber que existem cristão que não se indignam ao ler uma matéria dessas no jornal ou ao assistir ao noticiário na TV.  E quando falo de indignação, não me interprete mal, não quero dizer assumir uma revolta e sair por aí se achando o responsável por vingar essas pessoas, falo de um sentimento de genuíno amor, de empatia com o próximo. Ao invés de confrontar o que temos de diferente, propagando o ódio e a intolerância, por que não falamos de Jesus e semeamos o amor? Creio que é exatamente isso que tem faltado: AMOR!

Assim que me converti, em 2009, aprendi um louvor que dizia: “O sofrimento dos perdidos me incomoda Senhor, dá para sentir o imenso choro da dor. Como posso ficar parado, insensível ou indiferente. Pois cada perdido é parte minha é minha gente ”. E essa tem sido minha oração por inúmeras vezes.  Sei que a correria do dia a dia, tende a nos tornar egoístas, mas precisamos lutar contra isso, e cultivar uma vida de relacionamento com Deus, para estar sensível ao que acontece a nossa volta. E dispostos a reservar um tempo do nosso dia para orar pela nossa cidade, por nossos vizinhos, pela professora, por nossos governantes, pelo padeiro da esquina, ou por quem mais o Espírito Santo nos leve a orar! 


“Em primeiro lugar, o meu interesse e o meu bem-estar!”
“Ainda se fosse alguém que merecesse meu amor...”
“Como vou amar quem não me ama? Isso é impossível...”

Essas e outra frases são ditas a todo o tempo, em uma sociedade de fast foods e de pessoas cada vez mais preocupadas apenas com seu próprio umbigo. Altruísmo não é a palavra da vez. Nos tornamos juízes e decretamos se tal pessoa teve ou não culpa pelo que aconteceu, se foi ou não merecido e até nos alegramos crendo que “Deus pesou a mão”. Mas onde está isso na Bíblia? Ao contrário, Jesus nos ensina amar aqueles que nos perseguem e nos maltratam, para que eles também sejam filhos do nosso Pai que está no céu. Afinal, Ele fez o sol e a chuva para o justo e para o injusto. (Mateus 5.43-45)

Nos nossos dias, quem escolhe viver dessa maneira naturalmente é tido como estranho, o bobo e aquele que anda na contramão da maioria. Ótimo, afinal não foi assim que Jesus viveu? Essa não é realmente a intenção de quem decide entregar sua vida à Ele? Se você é cristão e não tem conseguido sentir esse amor, ore a Deus. Como já tratamos em textos anteriores, as vezes o problema pode estar em não se sentir amado também! Peça que o amor de Deus te encha a ponto de transbordar.

Eu te convido a uma mudança, comece quebrando esse sistema de amor que sempre espera algo em troca.  Olhe a sua volta e veja quantas pessoas precisam e podem ser ajudadas por você! E uma dica, escolha alguém que não possa te trazer nenhum benefício aparentemente. Ame porque o Espírito Santo habita em você e porque você é filho do nosso Pai que está nos céus. Os guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus (Romanos 8.14)

Faça a diferença onde você estiver e espalhe amor!

Assim encerramos essa série que me abençoou muito e espero que tenha abençoado você também! Então até semana que vem...  Fiquem com Deus! Bjo da Vá ;)
________________

TEXTO CRIADO EM COLABORAÇÃO COM:


Valéria Palopoli, 26 anos.
"A vontade do Senhor é boa, agradável e perfeita, para Ele."
*PARA SABER MAIS SOBRE A VÁ, CLIQUE AQUI
Se você deseja ser colunista aqui no blog, saiba mais clicando no link abaixo:
.: SEJA PARTE DA EQUIPE MGC! :.
Se este conteúdo te abençoou, lembre de comentar e compartilhar!

0 comentários:

Postar um comentário