SÉRIE APRENDENDO A AMAR | PARTE 3: O AMOR PRÓPRIO QUE AGRADA A DEUS

- (Deixe um comentário!)


Olá pessoal, tudo bem? Mais uma semana estamos aqui para falar do amor, nos padrões da Bíblia. E hoje a reflexão não será sobre nosso amor para com Deus ou com as pessoas a nossa volta, e sim sobre como temos nos relacionado com nós mesmo. 


Isso mesmo, vamos falar de amor próprio, esse amor que também é ensinado na Palavra de Deus.


Continuando nosso estudo sobre o resumo dos mandamentos, feito por Jesus em Mateus 22.37-40, temos a seguinte declaração do Senhor:

“O segundo [mandamento] é semelhante a este: amarás o teu próximo como a ti mesmo

Vamos começar do final, se é que posso dizer assim. O mandamento de amor ao próximo, teremos outra oportunidade para explorar. Mas quero compartilhar com vocês hoje, uma reflexão que antecede esse assunto, que é o amor próprio. E a pergunta que faço é:   VOCÊ TEM SE AMADO? Você pode me dizer: mas o que isso tem a ver? Tem tudo a ver! Jesus disse ame ao próximo como VOCÊ SE AMA! E se você não se ama, logo não conseguirá amar as pessoas a sua volta, e assim cumprir o mandamento.


Não estou falando de narcisismo ou de eucentrismo, pois isso não agrada em nada ao Senhor, ao contrário, vai contra a Palavra que diz que aquele que quiser ser o primeiro, seja o servo (Mateus 20.27). Falo de ter um coração cheio de alegria e gratidão, sabendo que você é importante para Deus, conhecendo seu valor e lembrando que o preço pago foi alto demais. Ninguém paga muito pelo que não vale nada, e como Jesus comprou a sua vida com todo o Seu sangue, você tem um valor extremamente alto para Ele.


Sei que em alguns momentos fica difícil aceitar nossos próprios erros, eu mesma passei por uma face onde não me sentia digna de entrar na presença de Deus. Mas o Espírito Santo me fez entender que isso era o peso do pecado sendo colocado sobre meus ombros de forma injusta. Eu já havia me arrependido e deixado o erro, logo já havia sido perdoada por Deus, mas o diabo, nosso acusador, sempre tentava trazer à tona aquele fardo que não me pertencia mais. Me perdoar, foi um processo que levou tempo, mas a compreensão de que Deus continuava me amando do mesmo jeito que antes ajudou muito nesse processo. Não me sentia merecedora da Graça, ainda não sou e jamais serei. Porém não devo carregar comigo um fardo que Jesus já levou. Saber que somos pecadores como todos a nossa volta, nos faz entender que o amor de Deus independe dos nossos atos.


Na I Carta de João 1.9 diz que se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça. Uma vez purificada não deve haver mais nenhuma marca em nós, nem mesmo o remorso. Pense assim, eu fiz, não deveria ter feito, mas me arrependi e Jesus me perdoou. Claro que sempre devemos lembrar que não é porque existe a Graça que iremos viver no pecado! O fato de Deus nos amar incondicionalmente não dá a ninguém o direito de pecar. Isso seria “abusar” da Graça. Não esqueça também que Deus conhece a intenção do nosso coração. Então como ouvi uma vez, faça do pecado um acidente e não um encontro marcado.


Agora te faço um convite, se você carrega algum tipo de culpa por algo que fez no passado, seja algo grande aos olhos naturais ou não. Talvez você praticou um aborto, um roubo, ou se desviou dos caminhos do Senhor, deixou de cumprir o ide, não sei. Se existe algo em seu coração hoje, que te impede de se amar, se há algum fardo em seus ombros, Jesus quer tirá-lo agora.  (Mateus 11.28-30)


Se foi algo que você já confessou diante do Senhor, saiba que o perdão já foi liberado sobre a sua vida, e seu pecado foi lançado nas profundezas do mar. (Miquéias 7.18-19)  


Caso ainda não tenha colocado isso diante de Deus, o faça nesse momento. Peça perdão, deixe o erro e passe a viver uma vida abundante da GRAÇA.


Minha oração é que o Espírito Santo de Deus encontre lugar em seu coração e nele haja gratidão e amor. Um amor por si mesmo, pela vida e sobre tudo por Deus, que nos comprou para Ele, através da pessoa de Jesus.
           

Uma semana abençoada a todos e até a próxima. Fiquem com Deus! Bjo da Vá ;)


________________

TEXTO CRIADO EM COLABORAÇÃO COM:


Valéria Palopoli, 26 anos.
"A vontade do Senhor é boa, agradável e perfeita, para Ele."
*PARA SABER MAIS SOBRE A VÁ, CLIQUE AQUI





Se você deseja ser colunista aqui no blog, envie um email com um exemplo de conteúdo para manualdagarotacrista@gmail.com e nós responderemos com maiores informações.



Se este conteúdo te abençoou, lembre de comentar e compartilhar!


0 comentários:

Postar um comentário