SÉRIE APRENDENDO A AMAR | PARTE 1 : AMANDO COMO DEUS ME AMA

6 comentários

 
 *Frame by Freepik
Olá pessoal, tudo na Paz? Esse final de semana vivi uma maravilhosa experiência com Deus e gostaria de compartilhar com vocês. Tivemos um culto especial no feriado e meu querido pastor falou sobre termos a vida de Deus em nós.  

“Porque, se, pela ofensa de um só, a morte reinou por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça e do dom da justiça reinarão em vida por um só, Jesus Cristo.”
- Romanos 5.17

Então foi mais ou menos assim que aconteceu: Adão pecou e a morte entrou em nós, mas Jesus morreu na cruz para que a vida de Deus entrasse em nossas vidas. Ou seja, depois que aceitamos o sacrifício de Jesus em nosso lugar temos a vida de Deus em nós! E o primeiro sinal de que o Senhor Jesus tem um lugar em nós é que não vivemos mais em pecado. Ao contrário, agora temos um Deus que nos dirige e somos obedientes aos mandamentos dEle.

Jesus resumiu os dez mandamentos dados por Deus a Moisés em apenas dois, amar a Deus sobre todas as coisas e ao nosso próximo como a nós mesmo. Então tudo pode ser resumido em amar, a Deus e aos outros. (Mateus 22.37-40). Paulo disse:


“Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos e não tivesse amor seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria. ”
- I Coríntios 13.1-3

Forte né? Para mim foi! O Senhor começou a me mostrar que se eu não amar, nada do que eu fizer importa. Ajudar na igreja, devolver o dízimo, entregar sopa aos moradores de rua, orar e ver pessoas serem curadas, ou qualquer outra coisa que eu faça “para a obra” não terá valor nenhum, se não decidir amar ao meu Deus, de todo o meu coração, de toda minha alma e com todas as minhas forças (Deuteronômios 6.5) e ao meu próximo como a mim mesma.  


Não estou dizendo que isso tudo não é importante, ao contrário! Um dos vídeos da nossa querida Karen Pauli, idealizadora do blog (e minha Best, apesar dos KMs de distância ;) ) que mais falou ao meu coração, foi justamente o AMOR NA PRÁTICA, onde ela corajosamente enfrenta seu medo e vai doar sangue. Precisamos trabalhar em favor do Reino, afinal a fé sem obras é morta. (Tiago 2.26)


Confira o vídeo "O AMOR NA PRÁTICA" clicando aqui!


Mas será que sempre que fazemos algo nosso coração está inteiro naquilo? Lembra que no post "Por que algumas orações não são respondidas?" falamos sobre Deus conhecer as motivações do nosso coração? 


Confira o post "POR QUE ALGUMAS ORAÇÕES NÃO SÃO RESPONDIDAS?" clicando aqui!


De acordo com a Bíblia, amor é uma decisão e não um sentimento, e o Senhor espera de nós um amor igual ao dELe, e mais do que isso, a Bíblia diz que quem não ama não conhece a Deus, afinal Deus é amor. (I João 4.8) 


Deus provou que nos ama ao enviar Jesus para vir ao mundo e morrer por nós, Jesus provou isso vindo à mundo não para nos condenar, mas para nos salvar. (João 3.16-17) 


Deus nos ensina que quem ama se doa e que condenar é o oposto de amar.


É bem difícil até de pensar em dar a vida em favor de outra pessoa, ou ainda mais impossível entregar alguém que amamos para morrer em lugar de pecadores que nem mesmo se arrependeram. Sim, só mesmo um Deus perfeito como o nosso para nos capacitar a tal!


Então quer dizer que nós podemos ser assim???


Essa foi a maior lição do meu final de semana: SIM! Deus nos dá a capacidade de nos parecermos com Ele em amor. PODEMOS AMAR COMO JESUS AMOU! Não sei você, mas para mim essa foi uma ótima notícia (e um desafio tremendo, eu confesso).


Quando falava aos discípulos sobre a sua morte, Jesus disse que era importante que ele fosse para que o Pai nos fosse enviado o consolador. Nosso querido Espírito Santo é esse consolador enviado para que fique conosco e esteja em nós. (João 14.17) 


E uma vida cheia do Espírito Santo é uma vida cheia de amor.


Sei que o tema é bastante longo e como ainda estou aprendendo também, gostaria de propor algo a vocês de seguirmos numa série sobre esse assunto. O que acham? Podemos estudar a Palavra de Deus e aprender como os homens e mulheres da Bíblia viveram esse amor. Claro que Jesus é e sempre será nosso maior exemplo, Ele é o próprio Deus então as vezes fica complicado de nos equipararmos a Ele. Mas que tal falarmos de Estevão, primeiro mártir? Ou quem sabe de Abraão, disposto a entregar Isaque em sacrifício ao Senhor?


Vem com a gente nessa viagem às escrituras, tenho certeza que aprenderemos muito.
Então espero vocês na semana que vem. Fiquem com Deus! Bjo da Vá! ;)

________________

TEXTO CRIADO EM COLABORAÇÃO COM:


Valéria Palopoli, 26 anos.
"A vontade do Senhor é boa, agradável e perfeita, para Ele."
*PARA SABER MAIS SOBRE A VÁ, CLIQUE AQUI




Se você deseja ser colunista aqui no blog, envie um email com um exemplo de conteúdo para manualdagarotacrista@gmail.com e nós responderemos com maiores informações.



Se este conteúdo te abençoou, lembre de comentar e compartilhar!

6 comentários:

  1. Oi flor muito bacana, eu aprendi que amar é um mandamento de Deus, então não tem como dizer eu estou sentindo o amor e eu que decido amar o outro ou não, mediante minhas escolhas e atitudes.

    muito bacana seu texto

    ResponderExcluir
  2. Obrigada querida! E é isso mesmo, Deus nos deixou o mandamento, mas tbm o poder de escolha, então vamos escolher amar né... 😍 😘

    ResponderExcluir
  3. Muito lindo esse texto! Que Deus continue abençoando cd dia mais!

    ResponderExcluir
  4. Simplesmente perfeito!

    Amar á Deus á cima de todas as coisas está quase escasso hoje em dia, vai lá no meu blog flor, já falei sobre o amor tbm😉😘😍

    Um beijo

    Coisa de Thay😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada ��, vou ver sim! Beijo ��

      Excluir