Por que algumas orações não são respondidas?

3 comentários


Todo ser humano é dotado de desejos e necessidades. Casa nova, carro do ano, a tão sonhada faculdade, o tênis da moda, namorar “aquele carinha”, mudar de emprego, viajar para Disney... os desejos são muitos e os mais diversos. Nós cristão aprendemos que tudo deve ser levado diante de Deus em oração, certo? CERTO! Mas o que fazer quando nossos desejos não são atendidos, ou quando nem mesmo obtemos uma resposta dessa oração? 

Por que isso acontece? 
Será que Deus não se importa comigo?
Afinal isso era realmente o que eu queria...

Então como saber se algo que eu quero é da vontade de Deus? 

Claro que essa resposta pode ser muito mais profunda e os amados irmãos teólogos que me perdoem, mas falarei apenas da minha pequena vivência. Para saber se algo é da vontade de Deus sempre recorro a Bíblia, pois Deus nunca fará nada em desacordo com a Sua Palavra, depois olho com sinceridade para a motivação por trás do meu pedido. 

Porque eu desejo receber isso de Deus?

No Acampamento de Carnaval desse ano, estava muito envolvida na oração durante uma de nossas vigílias, e pedi algo ao Senhor que estava realmente no meu coração. A resposta foi imediata: para que você quer isso? E então o pessoal do louvor começou a ministrar “Porque Dele por Ele” do Diante do Trono e eu soube que Deus falava comigo.

O texto que deu origem a esse lindo louvor está em Romanos 11.33-36, e diz que todas as coisas são Dele, por Ele e para Ele. E assim deve ser todos os nossos dias e em todas as coisas que fazemos.
Muitos livros falam o mesmo sobre o nosso maior propósito na vida: GLORIFICAR AO SENHOR! Entenda que você e eu fomos criados para isso, e tudo em nossa vida deve ter esse objetivo central. Então começa a ficar claro porque algumas das nossas orações não são respondidas, não é???

Porque você deseja tanto aquela promoção no trabalho? É para melhorar seu padrão de vida e assim ajudar mais a casa do Senhor, ou será para jogar na cara daquele parente chato que você é capaz? Claro que algumas vezes fazemos isso de forma voluntária e a inveja nos cega realmente, não falo desses casos, mas sim daqueles momentos em que nosso coração parece desejar algo legítimo a ponto de orarmos por isso. É preciso nos examinarmos e ver se não estamos sendo levados por motivações erradas ou até pecaminosas. (I Coríntios 11.28)
Nossa ida a igreja deve ser para glória do Senhor, assim como nosso passeio com os amigos no sábado à noite. Nossa vida de solteira deve glorifica-lo, assim como a vida das casadas e o próprio casamento. Tudo em nós deve agradar a Ele. Paulo dizia:

“os que comem, o fazem para o Senhor, e os que não comem, não o comem para o Senhor”.  - Romanos 14.6 

A questão não é discutir doutrinas ou se devemos comer ou não comer algum alimento, apenas gostaria de mostrar que em alguns casos o pecado não estar em fazer ou desejar algo, mas na sua motivação para isso. O povo a que Paulo se refere fazia tudo para o Senhor, sempre dando graças, ou seja, a motivação que os levava a determinada atitude era sempre agradar a Deus. 

É preciso atenção, para que nossa oração seja ouvida e atendida. A inveja nos impede de orar de forma correta. O Senhor diz que não temos o que desejamos porque não pedimos a Ele e quando pedimos não somos atendidos, pois pedimos mal, porque nosso objetivo está todo errado, desejando apenas o que nos dá prazer. (Tiago 4.1-3 Bíblia Viva)

Lembre-se sempre que Deus sonda os nossos corações, e nos dá colheita segundo o que plantamos (Jeremias 17.10) 
Então da próxima vez que entrarmos na presença do Senhor com algum pedido, que possamos saber exatamente qual a nossa motivação para obter tal coisa. Que tudo que colocamos diante do Senhor tenha o propósito de engradecer Seu nome e não satisfazer nosso desejo egoísta. 

Tenho certeza que se em seu coração houver a sincera vontade de agradar a Deus em tudo, o nosso amigo e professor Espírito Santo irá te mostrar o que deve ser mantido e o que precisa ser tirado. Que essa seja apenas a ponta do iceberg sobre esse assunto e que o Senhor posso falar mais e mais em nossos corações sobre como verdadeiramente desfrutar de uma vida que o agrada.

Até semana que vem... Fiquem com Deus! Beijo da Vá ;)

________________

TEXTO CRIADO EM COLABORAÇÃO COM:


Valéria Palopoli, 26 anos.
"A vontade do Senhor é boa, agradável e perfeita, para Ele."
*PARA SABER MAIS SOBRE A VÁ, CLIQUE AQUI




Se você deseja ser colunista aqui no blog, envie um email com um exemplo de conteúdo para manualdagarotacrista@gmail.com e nós responderemos com maiores informações.



Se este conteúdo te abençoou, lembre de comentar e compartilhar!

3 comentários:

  1. Realmente, fazer tudo pela graça é algo que precisamos aprender.Nós somos tantas vezes movidos pelos nosso egoísmo e esquecemos de Deus. Tudo para Ele e por Ele. É um grande desafio viver assim.

    ResponderExcluir
  2. Dedicar a nossa vida, sonhos e até as minimas coisas do nosso dia ao Senhor é a chave para que nossas orações sejam respondidas,infelizmente, muitas vezes esquecemos de analisar se nossas petições irão de alguma forma acrescentar algo ao reino ou somente nos beneficiar, deixando Deus em segundo plano.
    www.diferentesou.com.br

    ResponderExcluir