Qual é a sua identidade?

3 comentários


Você sabe quem você é? Se eu pedisse para que você se definisse em uma palavra, qual seria?

Muitas pessoas diriam "Briguenta", "Ciumenta", "Defensiva", trazendo a tona características negativas. Outras diriam "Advogada", "Médica", "Professora", descrevendo a sua profissão.


Durante muito tempo eu coloquei um ou outro rótulo em mim, uma palavra que me descrevesse. Quando eu era mais nova eu me descrevia como "a garota que curte K-pop", logo depois eu fui "a bailarina", e mais recentemente "a blogueira/youtuber"! Hahah


Brincadeiras a parte, esses rótulos eram reais para mim. Eu me agarrava neles, com toda a minha força, me esforçava ao máximo para ser aquela pessoa que eu descrevia. Muitas vezes eu já tinha passado daquela fase, mas aquele rótulo era tão forte que eu me sentia obrigada a permanecer igual. Outras vezes, eu já estava tão acostumada com aquele rótulo que, mesmo não gostando de quem eu havia me tornado, eu permanecia nele. Apenas por que era mais fácil.


Durante muito tempo fui assim. Fui a namorada de fulano, fui a estagiária, fui a menina da igreja. E na maior parte do tempo, isso não me incomodava. Mas Deus abriu meus olhos para algumas consequências desses rótulos e eu queria compartilhar isso com vocês.


Primeiro. Quando somos adolescentes, geralmente estamos tentando nos entender. Tentando descobrir quem somos. Então nos encaixamos em algum grupo e ficamos felizes por "pertencer". Nós pulamos de galho em galho até achar um que seja confortável. Geralmente, o grupo de amigos amadurece junto, ou se separa. Você não precisa ser essa pessoa para sempre se não quiser. Se você quiser mudar, tudo bem! Não se sinta presa!

Segundo. Quando ficamos um pouco mais velhas, alguns traços da nossa personalidade já se tornaram tão fortes que parece que eles nos definem. Se você é uma menina estudiosa, é isso que esperam de você. Se você sempre foi rabugenta, todos já estão acostumados. Se você foi tímida e insegura, todo mundo já sabe.

Qual a consequência destas situações?

Bom, pode ser que você não goste de quem você se tornou.
Pode ser que os outros esperem que você seja uma pessoa e você queira ser outra.
Talvez você sinta que não consegue mudar.
Talvez, você já mudou tanto, que já nem sabe mais quem você é!


Se você se sente presa numa aparência e numa personalidade que você nem sabe ao certo como se criou, ou, se sente-se confusa a respeito da sua identidade, eu tenho uma boa notícia pra você!


Existe alguém que sabe exatamente quem você é, mesmo que você não saiba.
Existe alguém que sabe melhor do que você, quem você deveria ser.
Existe alguém que sabe como você se sente com relação as expectativas dos outros.
Existe alguém que pode te transformar na sua melhor versão!


Esse alguém é Deus! Foi Ele quem te criou! E é Ele quem sabe quem você é! Ele sabe quem ele te criou para ser! E independente de quem você seja, Ele te ama e te aceita exatamente como você é!


Você não precisa tentar impressioná-lo, nada muda o amor dEle por você! E esse amor pode transformar tudo em sua vida, tudo ao seu redor, tudo dentro de você. Você não precisa se prender a um rótulo, nEle há liberdade! Há paz e misericórdia!


Se você se sente confusa quando a sua identidade, busque a Ele! Ele vai te dar as respostas!


Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe.
Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Disso tenho plena certeza.
Meus ossos não estavam escondidos de ti quando em secreto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra.
Os teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir.
Salmos 139:13-16

3 comentários:

  1. Parabéns pelo Blog! Que Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gi! Que bom que gostou!
      Amém, que Deus te abençoe muito também! Beijão!

      Excluir
  2. Acabei de encontrar seu blog, numa tentativa de encontrar algo que me edifique até no meu serviço. Estou gostando muito dos posts, e espero que Deus continue as abençoando para continuarem esse trabalho incrível!

    ResponderExcluir